Hidratação: Como hidratar as madeixas do jeito certo

Quem não gosta de um cabelo brilhante, macio e hidratado?

A hidratação é uma super aliada de quem quer manter a saúde dos fios e o melhor: pode ser feita em casa!

Se você quer saber como hidratar as suas madeixas pra deixá-las ainda mais bonitas, continue lendo esse post!

A hidratação ;é a etapa do cronograma capilar responsável por repor a água, os nutrientes e a queratina que os fios perderam, deixando-os mais saudáveis.

Nosso cabelo sofre com desgastes todos os dias, por conta das ferramentas de calor e dos agentes externos.

A hidratação, além de repor, ajuda a manter a umidade dos fios, selando as cutículas do cabelo.

Existe uma super variedade de produtos para hidratação no mercado. Escolha o que melhor atende às necessidades dos seus fios.

7 dicas para hidratar o cabelo

É muito importante prestar atenção nos rótulos dos produtos que você for usar. Se você tiver algum tipo de alergia, a atenção deve ser redobrada! Veja quais são os ativos da sua máscara de hidratação.

Além disso, vale lembrar que o tempo de ação do produto, indicado na embalagem, deve ser respeitado na hora da hidratação. Deixar o produto agir por mais tempo do que o indicado no rótulo não vai deixar as suas madeixas mais hidratadas.

Ao fazer isso, você pode provocar a obstrução dos poros do cabelo, deixando ele mais frágil e quebradiço.

Os cabelos levemente úmidos recebem melhor os nutrientes do seu produto de hidratação.

O motivo pra isso é muito simples: a água ajuda o produto a deslizar pelos fios, e também contribui para a absorção dos princípios ativos do produto.

Na hora de fazer a hidratação, é super importante distribuir bem o produto, deixando ele uniforme no cabelo.

Os cabelos molhados ficam mais frágeis, por isso, desembarace os fios com eles ainda secos, antes de iniciar o procedimento.

Depois disso, lave o cabelo normalmente e aplique a máscara de hidratação, desembaraçando, novamente, o cabelo (dessa vez com os dedos!).

Além disso, massagear rapidamente cada mecha do cabelo, turbina a absorção dos nutrientes.

Escolha um produto que seja ideal para o seu tipo de cabelo. Assim você vai repor todos os nutrientes que o seu fio precisa. Usar um produto errado pode causar efeitos indesejados nos fios.

Além disso, busque por produtos que tenham bons ativos na sua composição. Eles vão proporcionar os resultados que você deseja pras suas madeixas.

Usar menos produto do que o recomendado faz com que partes do seu cabelo não sejam beneficiadas com o tratamento. Do mesmo modo, usar produtos em excesso não vai deixar suas madeixas hidratadas. O seu cabelo tem um limite de absorção de nutrientes. Ou seja, quando você deposita nos fios mais produtos do que eles precisam, você está apenas desperdiçando seu precioso creme. Então, antes de fazer a hidratação, certifique-se de que você tem a quantidade de produto suficiente para o tamanho do seu cabelo e aplique apenas o necessário, indicado na embalagem.

Ta bom, se você não conseguir enxaguar com água fria, pode ser com água morna. Mas de jeito nenhum enxágue as madeixas com água quente, ok? A água fria ajuda a fechar as cutículas do cabelo depois da hidratação, deixando-os mais brilhantes e saudáveis.

O ideal é fazer uma hidratação a cada 7 dias ou a cada 15 dias. Consulte o seu cabeleireiro pra saber qual o intervalo ideal que você deve esperar.

TOP 5 máscaras de hidratação e Megalizz

Sencience Inner Restore: esse produtinho proporciona uma reposição completa dos nutrientes perdidos por fatores ambientais, químicos e pelo calor do uso do secador, chapinha e babyliss.

Além de restaurar os nutrientes, a máscara ajuda a recuperar a umidade e a maciez dos fios danificados e ressecados. O resultado são cabelos hidratados, brilhantes e saudáveis.

OGX Argan Oil Morocco: por ter óleo de argan na sua composição, essa máscara é uma ótima aliada na hora de repôr a vitamina E que os fios precisam, além de deixá-los super macios, hidratados e com muito brilho.

Truss Miracle: se os seus cabelos estão fracos e quebradiços, essa máscara é a ideal pra você! Ela hidrata profundamente os fios, enquanto nutre e desembaraça o cabelo, proporcionando mais força e resistência às madeixas.

LÓreal Profissional Nutrifier: essa máscara é própria para cabelos secos. Sua fórmula é composta por óleos umectantes com ações nutritivas, que mantém os cabelos saudáveis. Além disso, esse produtinho ainda tem óleo de coco, que deixa os fios mais flexíveis, maios e saudáveis.

Orofluido Máscara de Árgan: sua ação com óleos naturais, recupera o brilho e a força dos cabelos, deixando-os mais macios e saudáveis, da raiz às pontas, além de ter um cheirinho super delicioso!

Megalizz: Potente progressiva de chuveiro capaz de regenerar seu cabelo, alisando de forma natural sem a presença de agentes quiómicos como FORMOL. MEGALIZZ pode ser encontrado somente no site oficial.

Megalizz

Pode lhe interessar: Megalizz funciona mesmo? Febre do nicho de beleza dos cabelos acaba de chegar no Brasil: Megalizz efeitos colaterais alisador natural que tem auxiliado um grande número de mulheres em todo planeta a alisar os cabelos proporcionando beleza e saúde.

Low Pow e No Poo com o suplemento Hair Again

hair again tratamento da calvicie

O Low Poo e No Poo são técnicas de cuidados capilares desenvolvidas exclusivamente para os cabelos cacheados e crespos. Elas fazem uma limpeza mais suave, procurando manter os cabelos hidratados, nutridos, saudáveis e mais fortes.

Aqui nos Blog dos Cabelos a gente já explicou cada uma das técnicas separadas, mas o texto de hoje é um Guia Mais que Definitivo do Low Poo e No Poo. Vamos tirar qualquer dúvida que ainda reste, falar das diferenças de cada técnica e muito mais!

História

Tudo começou com a cabeleireira cacheada Lorraine Massey, que depois de muito estudo desenvolveu o Low Poo e No Poo com o objetivo de cuidar dos cabelos cacheados de forma menos agressiva, com produtos naturais.

Lorraine Massey publicou um livro em 2002, chamado Curly Girl: The Handbook, em tradução livre Garota Cacheada: o Manual. No mesmo ano, criou a sua marca de produtos para cabelos cacheados, a Deva Curl, que foi a primeira a desenvolver produtos específicos para as técnicas de Low Poo e No Poo.

Desde então o interesses pelo novo método de cuidar dos fios só foi aumentando e se popularizando. Hoje em dia são inúmeras as marcas de produtos capilares que também têm produtos sem os componentes proibidos. Mas isso não quer dizer que ainda não exitam dúvidas sobre o tema, né?

Então continua lendo que a gente explica tudinho pra você!

O que é o Low Poo?

A tradução para o português significa ‘’Pouco Shampoo’’. Como o próprio nome já diz, essa técnica diminui o uso do shampoo. O objetivo é cuidar das madeixas sem agressões químicas, ou seja, da forma mais natural possível.

Os produtos para Low Poo não tem sulfatos, petrolatos, parafinas e afins. A limpeza faz menos espuma do que a lavagem com os shampoos tradicionais, já que a espuma é gerada pelo surfactante, proibido na fórmula dos produtos Low Poo.

O surfactante tem ação detergente e quando usado nos shampoos acaba removendo os óleos necessários para que os cabelos se mantenham hidratados e saudáveis.

O que é No Poo?

Já o No Poo exclui totalmente o uso de shampoos (entenda-se SULFATOS de qualquer tipo), fazendo a limpeza dos fios somente com produtos condicionantes. Mas não é qualquer produto. Nesta técnica, só é permitido o uso de condicionadores leves, que sejam livres de quaisquer petrolatos e silicones.

Ou seja, assim que você deixa de usar os sulfatos “detergentes”, os condicionadores que contenham ingredientes residuais também devem ser deixados de lado.

Qual a diferença entre Low Poo e No Poo?

Enquanto no Low Poo é permitido o uso de shampoos que não contenham certos componentes, no No Poo não se usa nenhum shampoo.

Além disso, para as duas técnicas, os condicionadores também precisam ser diferentes, sem petrolatos, silicones, parafinas e outros.

No Low Poo, o shampoo e o condicionador precisam ser específicos para a técnica. Já no No Poo, a lavagem é feita com a técnica Co-Wash, ou a lavagem apenas com condicionador.

Para quem o Low Poo e No Poo são indicados?

Como a gente já disse, o Low Poo e o No Poo foram desenvolvidos inicialmente para cuidar dos cabelos cacheados e crespos de uma forma mais suave e natural.

Entretanto, muitas pessoas com outros tipos de cabelo já testaram a técnica e se surpreenderam com os resultados.

Ela é indicada, principalmente, para quem tem os fios mais ressecados, frágeis e quebradiços. Já que os produtos limpam os fios sem agressões, ajudando a fortalecer o cabelo enfraquecido.

Pessoas com cabelos oleosos também podem aderir, mas é preciso ter uma atenção especial para evitar danos como a caspa, seborreia e alergias.

Quais os componentes proibidos?

Tanto o Low Poo quanto o No Poo, têm componentes em comum que são proibidos.

O que é o sulfato?

Os sulfatos podem ser encontrados na maioria dos shampoos e são reconhecidos nas fórmulas como Lauril Sulfato de Sódio (ou Lauril Sodium Sulfate). Ele é responsável pela formação da espuma do produto e pela ação “detergente”, o que “limpa” os fios.

Mas, essa limpeza pode retirar dos fios, além da sujeira, óleos e outros nutrientes essenciais para a saúde capilar. Além disso, os sulfatos também se acumulam na natureza e são um dos poluentes mais agressivos do meio ambiente.

O que são os Petrolatos e Silicones?

Esses componentes são encontrados em máscaras, condicionadores, leave-ins e produtos finalizadores. Um é derivado do petróleo, como o próprio nome sugere, e é encontrado nas fórmulas com os nomes Petrolatum, Paraffinum Liquidum e/ou Mineral Oil.

Eles não fazem absolutamente nada pelos fios, servindo apenas como um diluidor de ativos para dar consistência.

Quando aplicados nos fios, esses elementos formam uma espécie de “capa” na fibra capilar. Isso acaba impedindo a entrada da água e de qualquer outro ativo benéfico, como nutrientes e vitaminas. Ou seja, eles praticamente plastificam os fios.

Com o passar do tempo, o excesso de resíduos dos petrolatos deixa os cabelos com aspecto sujo, pesado e opaco. Em alguns casos, pode acontecer o enfraquecimento e quebra dos fios. Quando na natureza, essas substâncias poluem tanto quanto o óleo, o piche e o plástico.

Já os silicones, podem ser divididos em duas categorias: insolúveis (que não se diluem na água) e os solúveis (que se diluem). No Low Poo são permitidos apenas os silicones solúveis, enquanto no No Poo não são usados nenhum tipo de silicone.

Dica com Hair Again

Muitos nomes? Calma! A gente tem uma forma mais fácil de você saber quais os proibidos de cada técnica. Preparamos uma imagem com todos os componentes que você deve evitar. Assim, você pode imprimir ou salvar no celular, para ter sempre à mão na hora de comprar seus produtinhos.

Outra dica é compartilhar informações entre amigas ou grupos que também também aderiram às técnicas. Assim, você fica sabendo os produtos que são permitidos, troca experiências e fica por dentro das novidades!

Começando o Low Poo

Para iniciar o Low Poo você deve lavar o cabelo uma última vez com o shampoo com sulfato. Lave entre duas a três vezes para limpar bem. Em seguida, faça uma hidratação ou nutrição com uma máscara de tratamento liberada para Low Poo. Se algum dia você passar um produto proibido no cabelo, fique tranquila! Faça o mesmo procedimento mais uma vez.

Outra dica para começar o Low Poo é limpar seus acessórios de cabelo como pentes, escovas, prendedores Pra isso, adicione um litro de água morna e 3 colheres de sopa de um shampoo com sulfato em um balde. Esfregue bem os itens e depois enxágue os acessórios normalmente.

Começando o No Poo do Hair Again

Para começar o No Poo você também deve limpar todos os seus acessórios: escovas, pentes, presilhas, prendedores, tudo que possa ter resíduos de produtos. Faça isso deixando-os de molho em água e shampoo neutro. Enxágue com água abundante e finalize com um enxágue de água com bicarbonato de sódio. Deixe-os secar naturalmente, antes de utilizar o HAIR AGAIN.

Em seguida prepare seus cabelos para a técnica: lave-os uma última vez com um shampoo com sulfato, de preferência antirresíduos. O shampoo antirresíduos serve para deixar os fios extremamente limpos e sem acúmulo de componentes antigos. Utilize um creme de tratamento liberado para a técnica, ou seja, livre de silicones, parafinas, óleos minerais e petrolatos. Pause o tempo indicado no produto e finalize com um leave-in liberado.

Depois desse tratamento “detox”, as lavagens dos fios será feita apenas com condicionadores específicos e liberados. Não tenha medo: pode utilizar o condicionador como shampoo, da raiz às pontas, massageando os fios e enxaguando-os posteriormente. Faça seus tratamentos e condicione normalmente, sempre com produtos liberados.

Qual o resultado?

Com a lavagem mais suave, quem adere ao Low Poo e No Poo pode sentir o cabelo meio sujo nas primeiras vezes, mas fique tranquila. Se você está massageando bem o couro cabeludo e os fios, a sensação de sujeira é apenas por você estar acostumada com o efeito dos sulfatos.
Depois de algumas lavagens a tendência é seu cabelo ficar mais hidratado, com a oleosidade controlada e sem frizz. Mas atenção: isso depende muito de cada cabelo. Algumas pessoas já conseguem ver resultado na primeira semana, e outras só depois de alguns meses. Além disso, tem gente que também não se adapta às técnicas. O importante é você testar e ver o que melhor funciona para o seu cabelo.

O que é Hair Again e Como Usar?

 

Você pode estar sofrendo de calvície. E isso não é bom.

Infelizmente este é um mal que vem se tornando cada dia mais comum. Entretanto, chegou recentemente no Brasil um produto capaz de mudar essa realidade e resolver de uma vez por todas esse problema: Hair Again !

Várias pessoas já usaram esse medicamento natural e comprovaram que funciona de verdade!

É um produto exclusivamente voltado para o público masculino, feito sob medida para todo homem que que necessita de uma recuperação completa dos seus cabelos.

Tudo de forma absolutamente natural e sem efeitos colaterais.

Neste artigo você encontrará tudo sobre a fórmula e sobre como o Hair Again funciona, esteja atento a cada ponto e veja como ele pode revolucionar sua autoestima!

E então, mais alguma dúvida? Se tiver, pode deixar aqui nos comentários que vamos adorar conversar com vocês!

Gostou das dicas? Acompanhe o nosso Facebook e o nosso Instagram para ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos cabelos!

Métodos caseiros contra piolhos

Anigi

A pediculose capilar ou infestação de piolhos na cabeça, é algo bastante comum ;principalmente durante a infância.

O piolho faz parte da Ordem Phthiraptera, que possui mais de 3 mil espécies. A espécie responsável por infestar as cabeças humanas chama-se ;Pediculus humanus capitis. Na vida adulta, o piolho pode chegar de dois a três milímetros. ;Ele sobrevive sugando o sangue localizado na cabeça do hospedeiro e provoca uma forte coceira na cabeça do infectado. ;

PhthirapteraPhthiraptera

Existem ótimos shampoos para combater os piolhos no mercado. Mas, também existem ótimos métodos caseiros para combater esse problema. Quer saber mais? Continue lendo esse post até o final que vamos te contar algumas delas!

Shampoo de alho contra piolhos

O alho é um ingrediente bastante comum no cardápio brasileiro, mas nesse caso pode servir como um potente aliado contra a proliferação de piolhos. Se você tiver em casa dez dentes de alho, um shampoo neutro e um limão, saiba que você já possui o que é preciso para elaborar a nossa receita.

  • Amasse os dentes de alho em um tigela, transformando em uma pasta.

  • Logo em seguida, acrescente à pasta de alho três colheres de sopa de suco de limão.
  • Adicione um pouco do seu shampoo neutro na mistura e mexa bem.

Passe em todo o couro cabeludo, distribuindo pelo comprimento do cabelo e deixe agir por 30 minutos. Logo em seguida, ;enxágue os cabelos com água quente para retirar o shampoo. ;Para uma ação mais eficiente, após a retirada, passe um condicionador e desembarace os fios com um pente fino. O pente fino ajuda a visualizar e retirar o piolho e as lêndeas (ovos de piolho) que estavam na cabeça.

Chá de Arruda

Lavar os cabelos com chá de arruda elimina os piolhos e acalma o couro cabeludo. Para isso, aplique o chá nos cabelos já molhados ou ainda secos, antes de passar o pente fino. Para fazer essa receitinha, você vai precisar de:

  • 40g de folhas de arruda
  • 1 litro de água fervente

Coloque as folhas de arruda na água fervente e deixe em infusão por 10 minutos. Depois disso, tampe o chá, espere amornar e coe em seguida. Depois que o chá estiver pronto, aplique-o nos cabelos com o auxílio de um algodão ou gaze, garantindo que todo o cabelo fique molhado. A seguir, enrole uma toalha na cabeça e deixe o chá agir por 30 minutos. Por fim, lave os cabelos com shampoo, enxágue e aplique o condicionador. Antes de enxaguar, passe um pente fino nos cabelos para retirar todos os piolhos e lêndeas. Quando finalizar, enxágue bem os fios para retirar o produto.

Spray de citronela

A citronela é conhecida por afastar os insetos, inclusive os piolhos, por conta de seu aroma intenso. Para fazer esse spray, você vai precisar de:

  • 150ml de glicerina líquida
  • 150ml de tintura de citronela
  • 350ml de álcool
  • 350ml de água

Misture todos os ingredientes e coloque num recipiente bem fechado. Depois, borrife essa misturinha diariamente na raiz dos cabelos, deixando atuar por alguns minutos.

Cuidados para eliminar os piolhos

Para eliminar de vez os piolhos, lave as roupas e as roupas de cama de quem estiver com piolhos separadamente. Depois, coloque-as em água fervente por alguns minutos.

Os piolhos vivem, em média, 30 dias e botam de 6 a 8 ovos por dia. Esses ovos eclodem dentro de 7 dias, dando origem a novos piolhos. Por esse motivo, não empreste chapéus e roupas ; durante o ratamento para as outras pessoas, afim de evitar a contaminação.

Evitar o contato com pessoas que foram infectadas também contribui para extinguir os piolhos. Ah! E não se esqueça de passar o pente fino diariamente para eliminá-los de uma vez por todas.